quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

DIREÇÃO: um cargo de responsabilidade, competência e reconhecimento das diferenças



Na semana passada, no município de Nova Esperança/PR, houve eleição para decidir quem seriam os/as diretores/as das Escolas Municipais. Na ocasião, muita gente gostou do resultado e muita gente não gostou. Isso é comum na democracia (atual regime que vivenciamos).
O trabalho do/a diretor/a escolar é bastante complexo e exige inúmeras capacidades de quem for exercê-lo. Sobre suas atribuições, podemos citar que este representante da escola precisa atrelar o trabalho pedagógico com o administrativo. E sobre suas capacidades, é interessante mencionar que é necessário: liderança, competência, diálogo, acolhimento, reconhecimento das diferenças. SIM, reconhecimento das diferenças.
Não é necessário mencionar que o ambiente escolar é um dos ambientes os quais há maior diversidade?! Pois é, as escolas – principalmente as públicas, e vamos nos reportar a elas – são instituições as quais a diversidade humana se encontra, porém, é também um dos ambientes, a meu ver, mais excludente que existe. Vou explicar.
As escolas, hoje em dia, visam, em sua maioria, uniformizar as crianças e adolescentes. Não no sentido de impor uniformes, mas no sentido de fazer com que todos/as os/as frequentadores/as das escolas sejam iguais (em relação aos comportamentos, por exemplo). Sabemos que a igualdade é válida quando nos referimos às Leis e Direitos, porém, querer igualar as características humanas, ah, isso é um erro! Cada aluno/a tem suas características peculiares: etnia, origem, religião, condição financeira, orientação sexual. Sim! Orientação sexual. Essa é, também, uma característica humana e que DEVE SER RESPEITADA.
Assim, outra atribuição fundamental da direção escolar é elaborar planos diários para que as questões pedagógicas avancem, os recursos financeiros sejam bem aplicados e, ainda, que discentes, docentes, equipe escolar e comunidade escolar sintam suas diferenças reconhecidas e respeitadas no âmbito escolar.
O bullying é algo que está recorrente nos noticiários quando o assunto é Educação. Triste realidade! Como se não bastasse a falta de investimentos, professores/as cansados/as e doentes, falta de estrutura, ainda precisamos lidar com falta de respeito e violência. O que isso tem a ver com o/a diretor/a escolar? TUDO! O trabalho de aceitação ao próximo e reconhecimento das diferenças (o contrário causa o bullying e outras violências) precisa começar no/a diretor/a. Estes/as são exemplos e precisam, antes de tudo, deixar seus preconceitos de lado, seja a misoginia, racismo (etnismo), homofobia...
A Constituição da República Federativa do Brasil (1988), junto com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB9.394/96) primam pelo respeito ao próximo e reconhecimento das diferenças. Logo, sugiro a quem ganhou as eleições para a direção escolar neste município (e em outros) que se dispam de seus preconceitos e enfrentem a realidade de forma a respeitar ao próximo.
Lembro que em nossos diplomas (digo nossos porque também sou docente) não foi registrado: “Habilitado/a para lecionar e trabalhar somente com crianças e adolescentes brancos/as, cristãos/ãs, saudáveis, de classe econômica média, heterossexual”. Sendo assim, não há restrição: é preciso tratar de forma humana (me refiro aos Direitos Humanos) todas as crianças e todos/as adolescentes que frequentam a escola (e os/as que estão fora da escola também): meninos, meninas, negros/as, ateus/ateias, brancos/as, negros/as, japoneses/as, ricos/as, pobres, heterossexuais, homossexuais, bissexuais...
A discriminação – seja por qual motivo for – não pode ser aceita em âmbito escolar, pois essa é mais um tipo de violência. Violência essa que “resmungamos” a cada noticiário na Tv, mas que infelizmente pode iniciar dentro da escola, caso a equipe escolar não se organize para metas de apreciação do respeito.
Enfim, desejo aos/às novos/as diretores/as que realizem um bom trabalho, baseando-se sempre na premissa dos Direitos Humanos: RESPEITO. Caso não tenham facilidade em desenvolver esta capacidade, sugiro mudar de profissão.

MÁRCIO DE OLIVEIRA

Pedagogo. Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Professor Colaborador na Universidade Estadual do Paraná. Doutorando em Educação pela UEM.  

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

AUMENTO DO IPTU



AUMENTO DO IPTU: Na noite de hoje vai para apreciação dos vereadores uma lei do executivo municipal para aumento no valor do IPTU ( Imposto Predial e Territorial Urbano), segundo a lei o valor dos imóveis estariam defasados e com isso o valor do IPTU não estaria de acordo, alguns imóveis teriam sido avaliados em 1976, com isso a prefeitura estaria sendo prejudicada com a arrecadação menor do IPTU desses imóveis. O aumento será maior nos imóveis localizados no centro da cidade, podendo chegar ate 40% a mais do valor que hoje é pago. Fica uma dúvida onde estaria sendo usado o valor da arrecadação atual.
De acordo com o Portal de Transparência do município foi arrecado no valor total  em 2011  R$ 36.895.088,74, em 2012 R$ 40.957,343,09 e em 2013 R$ 45.689.127,03. Em 2014 até novembro já se arrecadou R$ 45. 924.259,30. Como se vê, do ultimo ano do mandato anterior, para o primeiro e segundo ano da atual administração houve um aumento em cada ano de R$ 6.000.000,00 e para o orçamento de 2015 é de mais de R$ 50.000.000, conforme foi publicado no Jornal Noroeste. Além disso,  foi aprovado aumento no FPM (fundo de participação dos municípios) em 1%, foi repassar para o município quase um milhão para 2015 e um milhão para 2016, conforme reportagem de ontem do Jornal O Diário. Acredito que nossos  vereadores não se atentaram a  esses valores que vêm aumentando desde 2011, por isso devem ficar atentos a necessidade deste aumento, visto que a atual administração fez pouquíssimas obras no município, dando prioridade ao  recape  que foi feito com dinheiro emprestado do Governo do Estado e algumas emendas dos Deputados a fundo perdido. Cadê os recursos próprios que aumentaram em mais de 10 milhões em 2013 e 2014. O gato comeu? Com a palavra a Administração!


E então senhores vereadores depois de vermos todos esses dados, será que não seria importante primeiro ver onde está sendo investido os valores recebidos para depois aprovar o aumento do IPTU, nesta noite vamos ver quais são os vereadores que estão a favor da população,  quais são os vereadores que não irão onerar ainda mais o povo. Clamamos a vocês que digam NÃO ao aumento do IPTU. 

sábado, 22 de novembro de 2014

EM POUCAS PALAVRAS

ELEIÇÃO PARA DIREÇÃO:  Na próxima semana acontece nas Escolas Municipais de Nova Esperança a eleição para o cargo de Diretor e Vice- Diretor para os próximos anos. Pais, professores e funcionários em geral vão as urnas para a escolha dos novos diretores de todas as escolas municipais, a Secretaria municipal de Educação espera alcançar o maior número possível de eleitores, para que com isso possam envolver cada vez mais a comunidade no dia a dia das escolas. Esperamos que nos próximos dias que findam uma campanha eleitoral que foi “conturbada” em algumas escolas, possa se dar uma trégua ao espírito de competição e que passe a pensar mais no futuro educacional de nossas crianças. Preferi deixar que a campanha acontecesse sem que eu desse minha opinião e mostrasse minhas preferências e por isso não farei campanha  para candidato 1 ou 2 de qualquer escola. Fico na torcida para que vença o melhor para as escolas e que seja feita a vontade de maioria, pois isso é DEMOCRACIA. Sucesso a todos!

ASSALTOS: Novamente nossa cidade está sendo vítima de uma onda de assaltos, todos os dias são relatadas que crianças são assaltadas voltando ou indo para a escola, casas tiveram botijão de gás levado, senhoras têm suas bolsas arrancadas e levadas. Como mudar isso? Acredito no poder da justiça, mas para que a justiça se faça valer é necessário que aqueles que defendem a ordem passem a ter um apoio total dos nossos administradores. Nossos governantes devem valorizar  a polícia e dar condições reais de trabalho a eles ( lembrando que a Segurança é dever do Estado), que possam apoiá-los em suas atitudes e buscar formas para que possa aumentar o contingente policial, pondo medo naqueles que buscam praticar atos ilícitos. Espero que os políticos que têm contato direto com o Governador possam interceder  por nós. Nova Esperança clama por SOCORRO.

ARQUIBANCADA DO ESTÁDIO: Já que a administração se preocupa tanto com o FUTEBOL E FUTSAL, fica minha pergunta, porque a arquibancada do estádio municipal não teve ainda concluída  suas obras? Já faz mais de dois anos que atual administração assumiu e nada mais foi feito naquele local.  O esporte é algo tão importante, porque não olham com mais carinho para um local que pode abrigar ainda mais o esporte que é a paixão nacional. Há um descaso da administração pública municipal em vários setores e este não é diferente, fico na torcida para que os próximos dois anos possam ser bem diferentes dos dois primeiros, porque se ficar do jeito que está, estaremos perdidos.

SÁLARIOS DEFASADOS E FUNCIONÁRIOS DESMOTIVADOS:  Os servidores públicos de Nova Esperança estão com os seus salários defasados, se colocarmos em discussão os salários que são pagos em outros municípios como Paranavaí, Maringá e Mandaguaçu vamos nos deparar com valores muito superiores aos que são pagos aqui, para se ter uma ideia hoje se paga nessas cidades em média  aproximadamente R$ 1,200 reais para uma pessoa que ocupa o cargo de Auxiliar Administrativo, enquanto Nova Esperança esse mesmo cargo a pessoa não passa de R$724,00 o salário base, outro exemplo é o não pagamento do piso salarial dos Agentes Comunitários de Saúde que está em R$ 1,014, algumas cidades como Presidente Castelo Branco já vêm repassando este valor aos seus servidores, o mais interessante é que este valor de R$ 1,014 é repassado pela União, mas o município insiste em não pagar, outro exemplo claro são os auxiliares de enfermagem que tem um salário muito abaixo da meta, fazendo com que muitos procurem hospitais particulares para trabalhar, pois o que se paga aqui mal da para viver. Agora me diga, quem trabalha contente com um salário tão inferior, vendo que ao mesmo tempo em que a administração diz que não têm dinheiro para o aumento do salário  nomeia cargos comissionados e com gratificações, cadê a valorização dos servidores de carreira ? Enquanto não valorizarmos os nossos servidores municipais com um piso salarial compatível com a função e com uma educação continuada dentro do que pede seu cargo em nada vai mudar o atendimento ao público. Nossos servidores devem ser bem tratados para que isso possa refletir nos moradores de nossa cidade. Aguardo ansioso para ver o dia que as promessas de campanha serão cumpridas e nossos servidores serão valorizados.

AVALIAÇÃO DA ADMINISTRAÇÃO: Como você vê a atual administração, de 0 a 10 que nota você daria ao Prefeito Municipal e a sua equipe? Lembrando que o Prefeito não administra sozinho. O prefeito no inicio de seu mandato escolhe uma equipe para que participe com ele da administração pública e ajude a resolver os problemas e aponte soluções para as dificuldades que são encontradas diariamente, mas você acha que o Prefeito está amparado por um equipe técnica que têm suprido as necessidades da cidade? Gostaria de saber a sua opinião com relação a administração atual e seus quase dois primeiros anos de mandato. Para isso aguardo seu  contato para elogiar, criticar e nos dizer o que acredita que precisa melhorar ou o que está perfeito, você é parte importante da administração pública, conto com sua opinião.


quarta-feira, 29 de outubro de 2014

EM POUCAS PALAVRAS

CAIXA D'ÁGUA E ABASTECIMENTO EM IVAITINGA:  No final da última semana fui surpreendido por uma reclamação da população do Distrito de Ivaitinga sobre a falta de água naquela localidade. Os moradores informaram que há cinco dias estavam sem água, pois a bomba do poço artesiano que abastece a caixa d'água que distribui água para o Distrito queimou e até aquele momento não tinha sido resolvido o problema.
Para que vocês possam entender a situação vou tentar descrever o problema. Hoje os moradores de Ivaitinga recebem água de um poço artesiano que é de total responsabilidade do município de Nova Esperança há muitos anos, quem vive no distrito não paga água e também receberam a promessa de campanha do atual Prefeito e dos que o sucederam que continuariam a não pagar, sendo assim quando existe algum problema técnico com a bomba ou caixa d´água a responsabilidade total é da Prefeitura local. A minha indignação foi tanta que fui ao Distrito para ver de perto o problema pelo qual eles estavam passando, fiquei muito triste em ver o descaso da administração.Será que nossos secretários não sabiam que a bomba de água estava com problema, porque alguns moradores relataram que há dias eles vem procurando os órgãos responsáveis informando do problema. Se a prefeitura sabia do problema, por que não cuidou antes? Precisava ter deixado queimar para resolver o problema? Se fosse na casa dos nossos governantes que estivesse faltando água será que o problema já não teria sido resolvido? Quero acreditar que não foi de má que essas manutenções não foram feitas, quero crer que eles olham para o nosso Distrito como olham para alguns lugares da nossa cidade, pois o voto daqueles que ali moram, vale o mesmo daqueles que moram na cidade, o imposto que eles pagam é o mesmo que paga aqueles que moram na cidade.

CAIXA D'ÁGUA E ABASTECIMENTO EM IVAITINGA II: Na tarde de ontem fui até o Distrito para ver o problema e chegando lá fui surpreendido com uma equipe contratada da Prefeitura fazendo a manutenção dos equipamentos, na verdade foi preciso que todos os equipamentos fossem trocados, pois aqueles que lá estavam não poderiam ser mais utilizados. A bomba foi trocada na hora, porém a caixa d'água será trocada num prazo de 15 dias, segundo informou um dos funcionários que trabalhava no local. Minha opinião é que o problema do poço artesiano, bomba e caixa d'água que abastece o distrito deve ser discutido com toda a população que mora lá. A prefeitura deveria chamar os moradores para uma reunião e juntos decidirem qual a melhor alternativa para o problema, o mais interessante seria uma parceria entre os administradores e a população, talvez a  prefeitura pudesse colocar um relógio de água no local para verificar o consumo e em contrapartida a população pagaria um valor irrisório que seria colocado em uma conta do Distrito para manutenção dos equipamentos que abastecem a cidade. Outra ideia seria uma     reunião dos moradores e a associação local para que juntos formem uma comissão financeira que recolha um valor mensal dos moradores para que seja utilizado para possíveis reparos, alguns lugares da cidade já fazem dessa forma e a experiência é positiva. Não podemos deixar que moradores da nossa terra passem por essa situação novamente, espero que a administração local olhe por eles e juntos façam o melhor para todos.

FALTA DE FUNCIONÁRIOS AFETA TRABALHO: Fiz uma critica a administração local em minha página no Facebook sobre a sujeira que estava sendo amontoada pelas ruas da cidade, principalmente na rua da minha residência, foram vários comentários, alguns a favor e outros contra. Entendo perfeitamente a responsabilidade de cada um no quesito limpeza, porém o que vem acontecendo vai além da responsabilidade do morador, o que observamos é que existe apenas duas equipes para a cidade toda que recolhe estes materiais orgânicos ( folhas, flores, galhos e etc ) que se juntam em nossa via publica, sendo assim eles não conseguem dar conta da demanda que é gerada pela população diariamente. As equipes estão cansadas, por que o número de funcionários está reduzido e não há previsão para contratação por parte da administração. O que vem acontecendo é que a população coloca sobre os funcionários um problema que não é deles, homens e mulheres que acordam cedo, faz o seu trabalho da melhor forma sempre buscando o melhor para a população. Devemos cobrar da administração que supra as necessidades do nosso povo não deixando as nossas ruas da forma que está.

EDUCAÇÃO NO TRÂNSITO: A administração municipal fez recape em todos os cantos da cidade e junto com o recape nossas ruas foram sinalizadas, agora precisamos fazer um trabalho conjunto entre a administração local, secretaria de educação e ACINE para que a população respeite a sinalização. Exemplos de outras cidades mostram que a educação no trânsito é a melhor forma de evitar acidentes, campanhas como PARE NA FAIXA, RESPEITO O SEMÁFORO, ATRAVESSE NA FAIXA, devem ser adotadas para que todos passem a respeitar o outro no trânsito, são medidas assim que fazem a diferença.



FRASES DE MORADORES DA CIDADE:

“Político só aparece em época de campanha, depois que ganhou nunca mais apareceu”
“ Até acabar a campanha para deputados estávamos fazendo seis horas de trabalho, depois que passou a eleição fomos obrigadas a fazer oito horas, porque não foi feito antes essa mudança, estamos indignadas”

“ 2016 daqui uns dias bate a porta e quem vai nos governar?”

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

EM POUCAS PALAVRAS

NOSSSOS VEREADORES: Nesta semana verifiquei que alguns usuários de redes sociais de nossa cidade criticaram a atuação da Câmara de Vereadores. O que pude compreender é que o problema não seria aprovar esta leis que dão nome a ruas ou a prédios públicos, mas a forma como nossos vereadores trabalham, nos comentários observei que a maior cobrança é para que nossos vereadores façam o seu dever maior, fiscalizar o executivo municipal. O que me deixa em dúvida é porque durante a campanha nossos vereadores conseguem visitar toda a cidade em três meses e depois nos quatro anos de mandato a maioria deles não aparecem para ouvir os anseios da nossa população. Pergunto aos leitores quais vereadores passaram em sua casa nesse tempo de mandato? Eu acredito que uma aproximação dos nossos vereadores com a população pode fazer com que os problemas atuais possam ser solucionados. Temos ai mais de dois anos ainda de mandato, há tempo de corrigir os erros e tentar solucionar os problemas. Vamos acreditar!


ESCORPIÕES: Um morador que mora nas imediações da Garagem da Prefeitura me mandou o seguinte recado “estão aparecendo muitos escorpiões,  os vizinhos foram na vigilância sanitária, porém o grande problema parece ser  os carros velhos e entulhos que ficam  ali na Garagem”. Os moradores pedem encarecidamente a Administração Municipal que olhem por eles e que retire rapidamente daquele local, os entulhos e carros velhos. Disseram-me que o intuito da Prefeitura seria leiloar os objetos que se amontoam naquele local, podendo assim transformar “aquilo” em dinheiro, para beneficio da população. Espero que o problema seja resolvido rapidamente evitando assim um possível transtorno para os moradores, pois se um escorpião desses acabar picando alguém,  teremos mais um gasto público, o gasto com SAÚDE.

ARANHAS:  Os moradores dos bairros próximos a Garagem da Prefeitura sofrem com os escorpiões, já os moradores da rua Palmas no conjunto Capelinha sofrem com os escorpiões e com as aranhas. Uma moradora nos relatou que diariamente, devido os terrenos baldios, encontra em sua casa escorpiões e aranhas. O que a preocupa é o fato de ter uma criança pequena em casa e que qualquer descuido pode tornar um transtorno terrível. Cabe sabermos qual tem sido o papel da Prefeitura Municipal no combate a esses aracnídeos que vêm preocupando todos os nossos moradores. Será que está havendo uma preocupação com os terrenos baldios, visto que além desses dois transtornos em breve virá a Dengue novamente, a Prefeitura têm uma politica de roçada e cobrança no IPTU daquele que deixa os terrenos abandonados? O que fazer para combater esse problema, para que ele não torne um problema de SAÚDE pública, isso se já assim não for.

ACESSIBILIDADE: Uma pessoa me relatou da seguinte forma:
“Você já percebeu que estão fazendo rampas para cadeirantes na cidade, só que estão esquecendo um detalhe, arrumar as calçadas. Tenho um cunhado cadeirante e ele continua andar pela rua, pois as calçadas estão intransitáveis, não seria interessante que  tivéssemos uma lei que multasse  os donos e fizesse com que eles arrumassem  as suas calçadas? Na Rua Ulisses Roseira existe um quarteirão em que é possível andar de cadeiras de rodas pela calçada toda, porém o problema lá é outro, a rampa  que da acesso ao cadeirante para subir a pessoa precisa ser craque para passar , pois a cadeira pode vir a empinar .
O que nossos administradores acham desse questionamento de uma moradora da cidade? Seria interessante criar uma lei para que venha a punir os moradores que não cuidam de suas calçadas ou seria interessante que fizéssemos após o termino de todas as rampas um trabalho de educação, mostrando a todos os moradores da cidade a importância da ACESSIBILIDADE na vida dos cadeirantes? Eu acredito que primeiro educar, depois sim punir.




quinta-feira, 9 de outubro de 2014

EM POUCAS PALAVRAS

O BLOG NESP ONLINE E SUA IMPARCIALIDADE: Desde que este blog foi criado em 31 de dezembro de 2008 a nossa intenção sempre foi defender o bem da nossa população, sem defender partido ou interesse de alguns. O que não posso aceitar é que uma pessoa pague pelo erro de outra, por isso durante a campanha o blog ficou sem postagens minhas, apenas repliquei matérias de outros meios de comunicação. Quando Junior Moser foi candidato em 2012 nosso blog não aceitava que os erros da administração Maly Benatti recaísse sobre ele que na ocasião era candidato da situação, por isso optamos por ficar neutros. Nas  eleições de 2014 optamos por seguir da mesma forma que 2012, não seria justo que os erros da administração local afetasse  a candidatura de  Eduardo Pasquini, apoiado pelo Prefeito. Por esse motivos preferimos ficar "em off" durante esses três meses, até porque apoiávamos também a candidatura de Eduardo, acreditando que seria a melhor opção para a cidade, porque através de um candidato daqui conseguiríamos inúmeros recursos para nossa cidade. A partir de hoje nosso blog volta ao normal com as mesmas criticas, elogios, denuncias e prestação de serviço a nossa comunidade. Todos que querem denunciar, elogiar ou dar sua opinião, nosso contato é carlosnesponline@hotmail.com ou na página no Facebook CARLOS ROBERTO DA SILVA

OS GRUPOS CRESCERAM E SE DIVIDIRAM: Nesta campanha pudemos perceber que Nova Esperança jamais conseguirá unir todos os grupos políticos para um mesmo objetivo, Eduardo Pasquini era candidato a Deputado Estadual pela cidade, porém não conseguiu unir todos os grupos da cidade em cima da sua campanha, mas obteve o maior número de adesões, até mesmo a ex-prefeita Maly Benatti que apoiou o candidato Paranhos, nos bastidores apoiava a candidatura de Eduardo Pasquini. Além do grupo de Silvio Chaves que apoiou o candidato Romanelli , surgiram novos grupos. O grupo liderado pelo Advogado Leandro Cardoso apoiou  o candidato Tiago Amaral, já o  novo grupo formado pelo jovem Alexandre Dicioli apoiou a  família Franscischini ( deputado estadual e federal). A administração municipal conseguiu fazer com que oito dos nove vereadores apoiasse a candidatura local, porém o número de votos alcançados por Eduardo Pasquini não chegou ao mesmo número de votos que teve o atual Prefeito na eleição de 2010. Talvez o grupo do Prefeito saia um pouco abalado com o número de votos que foram conquistados, mas Eduardo Pasquini sai preparado para uma possível disputa ao cargo do executivo municipal, porém poderá enfrentar uma disputa interna dentro do grupo, para que seu nome seja aceito devido o grande número de prováveis candidatos que se apresenta. Já os demais grupos já se preparam para 2016.

PROVÁVEIS CANDIDATOS A PREFEITURA EM 2016: Uma campanha termina e a outra já começa os grupos políticos de Nova Esperança já trabalham nos bastidores para fazer o sucessor de Gerson Zanusso, visto que o atual prefeito já avisou a pessoas próximas que provavelmente não será candidato a reeleição. No grupo do atual prefeito, nomes como Eduardo Pasquini, Roberto Pasquini, Fabio Yamamoto, Issamu e Tuna ( secretário da Saúde), são  cotados para  a disputa à sucessão de Gerson, já o grupo de Maly Benatti pode apresentar o nome da ex-prefeita como provável candidata. Já  Silvio Chaves poderá ser o candidato do PMDB , porém se ele não for o candidato nomes como o do seu filho Saulo Chaves, do ex -vice prefeito Osvaldo de Paduá  e também Junior Moser podem ser cabeça de legenda. Odair Teodoro  ( Neguinho Teodoro ) vem como provável candidato a sucessão municipal, assim como Alexandre Diciolli também já manifesta interesse em disputar a vaga. Cabe sabermos se nomes como o do empresário Moacir Olivatti ou da ex-vereadora Vera do PT também estarão na disputa em 2016. Os nomes aqui apresentados surgem diariamente nos bastidores da politica local, até junho de 2016 muitas conversas irão surgir e vários irão se juntar, quem hoje está afastado vai se aproximar e os que estão próximos vão se afastar. Vamos aguardar, há muita água para passar debaixo da ponte.