quinta-feira, 16 de outubro de 2014

EM POUCAS PALAVRAS

NOSSSOS VEREADORES: Nesta semana verifiquei que alguns usuários de redes sociais de nossa cidade criticaram a atuação da Câmara de Vereadores. O que pude compreender é que o problema não seria aprovar esta leis que dão nome a ruas ou a prédios públicos, mas a forma como nossos vereadores trabalham, nos comentários observei que a maior cobrança é para que nossos vereadores façam o seu dever maior, fiscalizar o executivo municipal. O que me deixa em dúvida é porque durante a campanha nossos vereadores conseguem visitar toda a cidade em três meses e depois nos quatro anos de mandato a maioria deles não aparecem para ouvir os anseios da nossa população. Pergunto aos leitores quais vereadores passaram em sua casa nesse tempo de mandato? Eu acredito que uma aproximação dos nossos vereadores com a população pode fazer com que os problemas atuais possam ser solucionados. Temos ai mais de dois anos ainda de mandato, há tempo de corrigir os erros e tentar solucionar os problemas. Vamos acreditar!


ESCORPIÕES: Um morador que mora nas imediações da Garagem da Prefeitura me mandou o seguinte recado “estão aparecendo muitos escorpiões,  os vizinhos foram na vigilância sanitária, porém o grande problema parece ser  os carros velhos e entulhos que ficam  ali na Garagem”. Os moradores pedem encarecidamente a Administração Municipal que olhem por eles e que retire rapidamente daquele local, os entulhos e carros velhos. Disseram-me que o intuito da Prefeitura seria leiloar os objetos que se amontoam naquele local, podendo assim transformar “aquilo” em dinheiro, para beneficio da população. Espero que o problema seja resolvido rapidamente evitando assim um possível transtorno para os moradores, pois se um escorpião desses acabar picando alguém,  teremos mais um gasto público, o gasto com SAÚDE.

ARANHAS:  Os moradores dos bairros próximos a Garagem da Prefeitura sofrem com os escorpiões, já os moradores da rua Palmas no conjunto Capelinha sofrem com os escorpiões e com as aranhas. Uma moradora nos relatou que diariamente, devido os terrenos baldios, encontra em sua casa escorpiões e aranhas. O que a preocupa é o fato de ter uma criança pequena em casa e que qualquer descuido pode tornar um transtorno terrível. Cabe sabermos qual tem sido o papel da Prefeitura Municipal no combate a esses aracnídeos que vêm preocupando todos os nossos moradores. Será que está havendo uma preocupação com os terrenos baldios, visto que além desses dois transtornos em breve virá a Dengue novamente, a Prefeitura têm uma politica de roçada e cobrança no IPTU daquele que deixa os terrenos abandonados? O que fazer para combater esse problema, para que ele não torne um problema de SAÚDE pública, isso se já assim não for.

ACESSIBILIDADE: Uma pessoa me relatou da seguinte forma:
“Você já percebeu que estão fazendo rampas para cadeirantes na cidade, só que estão esquecendo um detalhe, arrumar as calçadas. Tenho um cunhado cadeirante e ele continua andar pela rua, pois as calçadas estão intransitáveis, não seria interessante que  tivéssemos uma lei que multasse  os donos e fizesse com que eles arrumassem  as suas calçadas? Na Rua Ulisses Roseira existe um quarteirão em que é possível andar de cadeiras de rodas pela calçada toda, porém o problema lá é outro, a rampa  que da acesso ao cadeirante para subir a pessoa precisa ser craque para passar , pois a cadeira pode vir a empinar .
O que nossos administradores acham desse questionamento de uma moradora da cidade? Seria interessante criar uma lei para que venha a punir os moradores que não cuidam de suas calçadas ou seria interessante que fizéssemos após o termino de todas as rampas um trabalho de educação, mostrando a todos os moradores da cidade a importância da ACESSIBILIDADE na vida dos cadeirantes? Eu acredito que primeiro educar, depois sim punir.




quinta-feira, 9 de outubro de 2014

EM POUCAS PALAVRAS

O BLOG NESP ONLINE E SUA IMPARCIALIDADE: Desde que este blog foi criado em 31 de dezembro de 2008 a nossa intenção sempre foi defender o bem da nossa população, sem defender partido ou interesse de alguns. O que não posso aceitar é que uma pessoa pague pelo erro de outra, por isso durante a campanha o blog ficou sem postagens minhas, apenas repliquei matérias de outros meios de comunicação. Quando Junior Moser foi candidato em 2012 nosso blog não aceitava que os erros da administração Maly Benatti recaísse sobre ele que na ocasião era candidato da situação, por isso optamos por ficar neutros. Nas  eleições de 2014 optamos por seguir da mesma forma que 2012, não seria justo que os erros da administração local afetasse  a candidatura de  Eduardo Pasquini, apoiado pelo Prefeito. Por esse motivos preferimos ficar "em off" durante esses três meses, até porque apoiávamos também a candidatura de Eduardo, acreditando que seria a melhor opção para a cidade, porque através de um candidato daqui conseguiríamos inúmeros recursos para nossa cidade. A partir de hoje nosso blog volta ao normal com as mesmas criticas, elogios, denuncias e prestação de serviço a nossa comunidade. Todos que querem denunciar, elogiar ou dar sua opinião, nosso contato é carlosnesponline@hotmail.com ou na página no Facebook CARLOS ROBERTO DA SILVA

OS GRUPOS CRESCERAM E SE DIVIDIRAM: Nesta campanha pudemos perceber que Nova Esperança jamais conseguirá unir todos os grupos políticos para um mesmo objetivo, Eduardo Pasquini era candidato a Deputado Estadual pela cidade, porém não conseguiu unir todos os grupos da cidade em cima da sua campanha, mas obteve o maior número de adesões, até mesmo a ex-prefeita Maly Benatti que apoiou o candidato Paranhos, nos bastidores apoiava a candidatura de Eduardo Pasquini. Além do grupo de Silvio Chaves que apoiou o candidato Romanelli , surgiram novos grupos. O grupo liderado pelo Advogado Leandro Cardoso apoiou  o candidato Tiago Amaral, já o  novo grupo formado pelo jovem Alexandre Dicioli apoiou a  família Franscischini ( deputado estadual e federal). A administração municipal conseguiu fazer com que oito dos nove vereadores apoiasse a candidatura local, porém o número de votos alcançados por Eduardo Pasquini não chegou ao mesmo número de votos que teve o atual Prefeito na eleição de 2010. Talvez o grupo do Prefeito saia um pouco abalado com o número de votos que foram conquistados, mas Eduardo Pasquini sai preparado para uma possível disputa ao cargo do executivo municipal, porém poderá enfrentar uma disputa interna dentro do grupo, para que seu nome seja aceito devido o grande número de prováveis candidatos que se apresenta. Já os demais grupos já se preparam para 2016.

PROVÁVEIS CANDIDATOS A PREFEITURA EM 2016: Uma campanha termina e a outra já começa os grupos políticos de Nova Esperança já trabalham nos bastidores para fazer o sucessor de Gerson Zanusso, visto que o atual prefeito já avisou a pessoas próximas que provavelmente não será candidato a reeleição. No grupo do atual prefeito, nomes como Eduardo Pasquini, Roberto Pasquini, Fabio Yamamoto, Issamu e Tuna ( secretário da Saúde), são  cotados para  a disputa à sucessão de Gerson, já o grupo de Maly Benatti pode apresentar o nome da ex-prefeita como provável candidata. Já  Silvio Chaves poderá ser o candidato do PMDB , porém se ele não for o candidato nomes como o do seu filho Saulo Chaves, do ex -vice prefeito Osvaldo de Paduá  e também Junior Moser podem ser cabeça de legenda. Odair Teodoro  ( Neguinho Teodoro ) vem como provável candidato a sucessão municipal, assim como Alexandre Diciolli também já manifesta interesse em disputar a vaga. Cabe sabermos se nomes como o do empresário Moacir Olivatti ou da ex-vereadora Vera do PT também estarão na disputa em 2016. Os nomes aqui apresentados surgem diariamente nos bastidores da politica local, até junho de 2016 muitas conversas irão surgir e vários irão se juntar, quem hoje está afastado vai se aproximar e os que estão próximos vão se afastar. Vamos aguardar, há muita água para passar debaixo da ponte.


sábado, 4 de outubro de 2014

Caminhonete roubada em Nova Esperança é recuperada em Sarandi

Fonte: Diário do Norte
Um roubo a uma caminhonete nas proximidades de Nova Esperança (a 45 quilômetros de Maringá) terminou na prisão de três pessoas e na recuperação do veículo em Sarandi. A ação da Polícia Militar (PM) começou após o comunicado do assalto por volta de 1h deste sábado. Três homens armados obrigaram o motorista a parar uma caminhonete Hilux cor prata, ano 2013, na PR 218 entre Nova Esperança e Ângulo.
Além de armados, os criminosos usavam também coletes a prova de balas. Depois do roubo, de acordo com a vítima, os ladrões fugiram com a caminhonete e em um veículo Vectra de cor escura. Iniciou-se então uma grande operação da PM. Após monitoramento, a Companhia de Sarandi localizou o veículo em um barracão na avenida Maringá, na altura do Jardim Europa. A caminhonete roubada já estava com as placas trocadas. Nesta manhã, eles foram levados à delegacia de Sarandi. A Polícia Civil da cidade dará sequência as investigações.

segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Homem é morto a tiros em Nova Esperança

Fonte: O Diário

Um homem de 36 anos foi morto a tiros em Nova Esperança (a 42 quilômetros de Maringá) na noite de sábado (20).
Conforme a Polícia Militar (PM), o caso foi registrado por volta das 20h15, quando houve a denúncia de que, no hospital, havia uma vítima de disparo de arma de fogo, que havia sido socorrida por uma pessoa não identificada. O ferido, Marcos da Silva Nunes, de 36 anos, residente na Vila Regina, já estava em óbito quando os policiais chegaram ao local.
Os PMs foram informados que  o autor do disparo seria um homem conhecido como "Tião da Verdura", que não foi localizado após rondas.

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Início das obras de duplicação da BR-376 entre Mandaguaçu e Nova Esperança é antecipado

Por: O Diário do Norte do Paraná

O início das obras de duplicação da BR-376 entre Mandaguaçu (a 20 quilômetros de Maringá) e Nova Esperança (a 42 quilômetros de Maringá), que seria em janeiro, foi antecipado. De acordo com a concessionária Viapar, a previsão é de que as máquinas e colaboradores da empresa já comecem a trabalhar nesta quarta-feira (17), na interseção da BR-376 com a PR-218, no "trevo de Atalaia". A atencipação ocorreu devido à reivindicação de muitos usuários da via.
A estimativa inicial é que, em todo o projeto, sejam investidos R$ 130 milhões, em uma obra que vai beneficiar mais de 50 mil pessoas por dia, contando aqueles que passam ou não pela praça de pedágio. "Inicialmente vamos duplicar a rodovia entre os quilômetros 140,0 e 141,2 e, na sequência, construir o viaduto no trevo de acesso a Atalaia - que está localizado neste intervalo a ser reestruturado primeiro. A duplicação deste trecho deve ser concluída em meados de 2015. Já o viaduto e suas alças de acesso serão finalizados até dezembro deste mesmo ano", informa o diretor de engenharia da Viapar, Jackson Seleme.
O segmento da duplicação está compreendido entre os quilômetros 135,2 (Nova Esperança) e 157,8 (Mandaguaçu). Além desta passagem em desnível no trevo de Atalaia, a rodovia vai ganhar outras cinco em Mandaguaçu, duas em Nova Esperança e duas em Presidente Castelo Branco (a 36 quilômetros de Maringá). A obra contará ainda com seis retornos em nível, além de melhorias e/ou vias marginais nos municípios já citados.
A estimativa inicial do departamento de engenharia da Vaipar é que sejam escavados 1.751.100 metros cúbicos de terra, utilizados 72 mil toneladas de massa asfáltica, sem contar com a construção de 54 mil metros lineares de canaletas, a instalação de 5.400 metros de bueiros e 470 metros quadrados de placas para a sinalização vertical. A duplicação tem previsão pra ser finalizada em dezembro de 2016.

sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Colisão de carro e caminhonete mata passageiro na PR-463 em Nova Esperança

Fonte: O Diário do Norte do Paraná

Um passageiro de um carro morreu em uma colisão contra uma caminhonete na manhã desta sexta-feira (5) na PR-463 em Nova Esperança (a 42 quilômetros de Maringá).
De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) de Tamboara (a 81 quilômetros de Maringá), o acidente ocorreu por volta das 8h15, no trecho de Nova Esperança a Uniflor (a 57 quilômetros de Maringá), no quilômetro um da rodovia. Os veículos envolvidos são um Fiat Palio de placa de Pirapozinho (SP), guiado por A.M.S., de 45 anos, e a Chevrolet S10 de placa de Nova Esperança, conduzida por F.S.G., de 52 anos. O passageiro do Palio, M.A.G., de 47 anos, não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico-Legal (IML) de Paranavaí (a 73 quilômetros de Maringá).
O motorista do Palio teve ferimentos considerados graves com risco de morte, e foi socorrido, juntamente com a condutora da S10, também gravemente ferida, e a passageiro da caminhonete, A.C.S., de 20 anos, que teve ferimentos leves, ao Hospital Municipal Sagrado Coração de Jesus de Nova Esperança.